Diversificação alimentar: do leite aos legumes e fruta

Cada alimento deve ser introduzido com alguns dias de intervalo (de 3 a 6) de modo a que a criança se habitue a cada alimento e que possam ser despistadas possíveis alergias alimentares. ❶ O primeiro alimento a ser introduzido pode ser papa de cereais ou puré de legumes, dependendo do peso do bebé. Deve começar-se por uma consistência semelhante à do leite, pelo que se deve espessar gradualmente o puré ou papa. A primeira papa deve ser sem glúten (de milho ou arroz) que, dependo se for láctea ou não láctea, deve ser preparada com água ou leite (materno ou artificial), respetivamente. Tradicionalmente deve começar por substituir uma refeição de leite por uma de papa e manter as restantes refeições de leite. ❷ As primeiras sopas devem ser confecionadas no momento e feitas com dois ou 3 legumes, como, por exemplo, batata e cenoura. A sopa não deve levar sal e o azeite (uma colher de café) apenas é adicionado no prato e após a cozedura. Posteriormente pode introduzir um novo legume de cada vez (abóbora, cebola, alho francês, feijão verde), sendo que os legumes muito ácidos (tomate, pimento e pepino), espinafres e beterraba (contêm nitratos) e leguminosas (feijão, grão e ervilhas) só devem ser introduzidos mais tarde na sopa. O esquema de substituição de refeições continua e nesta altura, por norma uma das refeições deve ser substituída pela sopa. Assim, o bebé poderá comer, por exemplo, sopa ao almoço e papa ao jantar, continuando as restantes refeições a ser leite. ❸ A fruta deve ser dada ao bebé como sobremesa após a sopa. As primeiras frutas devem ser maçã, pera e banana que devem ser bem lavadas, descascadas e trituradas, podendo ser consumidas pelo bebé, cruas ou cozidas. Algumas frutas são mais suscetíveis de causar alergia pelo que citrinos, ananás, morangos, kiwi, pêssego e manga só devem ser introduzidos depois dos 12 meses. A diversificação alimentar prossegue com a introdução dos restantes alimentos até ao ponto em que o bebé irá comer as mesmas refeições que o resto da família.