Gravidez: Incompatibilidade de Rh

Possivelmente já ouviu falar de incompatibilidade Rh, mas sabe do que se trata?

A incompatibilidade Rh ocorre quando uma mulher grávida tem sangue Rh negativo e o feto tem sangue Rh positivo.

Mas o que quer isto dizer?

O fator Rh é uma proteína que existe na superfície dos glóbulos vermelhos (células do sangue).

O sangue é considerado Rh positivo se os glóbulos vermelhos tiverem esta proteína e Rh negativo, se não a tiverem.

O fator Rh é herdado (passado dos pais para os filhos através dos genes), sendo que a maioria da população é Rh positiva.

Ter o tipo de sangue Rh negativo não significa ter uma doença e geralmente não afeta a saúde. No entanto, se a mulher engravidar e tiver sangue Rh negativo e o bebé tiver sangue Rh positivo é importante ter alguma atenção. Isto porque, durante o parto, o corpo da mãe pode reagir ao sangue do bebé como uma substância estranha. Como consequência, são criados anticorpos (proteínas) contra o sangue do bebé – incompatibilidade Rh.

Estes anticorpos geralmente não causam problemas durante a primeira gravidez porque o bebé nasce antes da mãe desenvolver anticorpos suficientes. No entanto, numa gravidez posterior, se o bebé for Rh positivo, os anticorpos da mãe podem atravessar a placenta e “atacar” os glóbulos vermelhos do bebé.

Tal pode causar anemia hemolítica no bebé - uma condição na qual os glóbulos vermelhos são destruídos mais rapidamente do que o corpo os consegue substituir. Os glóbulos vermelhos transportam oxigénio para todas as partes do corpo. Sem glóbulos vermelhos suficientes, o bebé não recebe oxigénio suficiente, o que pode causar sérios problemas. A anemia hemolítica grave pode até ser fatal para a criança.

Sintomas:

A incompatibilidade Rh não causa sinais ou sintomas em mulheres grávidas.

Contudo o bebé, após o nascimento, pode apresentar:

  • Apatia
  • Amarelecimento da pele e do branco dos olhos (icterícia);
  • Tónus muscular baixo (hipotonia) - apresentando sinais como pouco ou nenhum controlo nos músculos do pescoço, deixando a cabeça tombar e corpo muito mole quando é pegado ao colo;

Prevenção:

Com cuidados pré-natais e rastreamento adequados, podem evitar-se os problemas de incompatibilidade de Rh.

Se não sabe qual o seu tipo de Rh e está grávida, nãos se preocupe! É normal que o seu médico peça análises que permitam descobrir e, consoante o resultado, adaptar os cuidados e ações necessárias para proteger o seu bebé e ter uma gravidez e parto sem complicações.