Problemas comuns na amamentação: Ingurgitação

A ingurgitação mamária é o termo médico utilizado para descrever a “descida do leite”, isto é, o aumento de volume de leite no peito. Quando ocorre, o peito fica quente, rijo, inchado e dorido, o que dificulta a amamentação. Pode acontecer em qualquer altura da amamentação embora seja bastante comum nos primeiros dias, após o nascimento do bebé.

Causas:

De entre as causas frequentemente apontadas para a ingurgitação estão o início tardio da amamentação, a diminuição da duração ou frequência da amamentação e a dificuldade do bebé em agarrar a mama, diminuindo a sua eficácia.

Como pode prevenir?

Inicie a amamentação logo após o parto;

• Se as mamas estiverem muito “cheias”, retire o leite, colocando o bebé a mamar ou com extração manual ou com bomba, devendo retirar apenas o necessário para que as mamas fiquem mais confortáveis e até que o ingurgitamento desapareça.

Como pode aliviar o desconforto?

  • Coloque panos ou compressas mornas sobre o peito ou tome um banho de água morna antes de amamentar, massajando suavemente a pele com movimentos circulares em relação ao mamilo, isto estimula o fluxo de leite e irá ajuda-la na amamentação;
  • Coloque o bebé a mamar, em primeiro lugar, da mama mais cheia. Se após a amamentação alguma das mamas continuar congestionada, deve extrair o leite até que se sinta bem: Pode fazê-lo manualmente ou com a ajuda de uma bomba extratora de leite, que encontra na farmácia, para aliviar o ingurgitamento e estimular o fluxo de leite. Contudo tenha atenção pois a sua utilização em excesso pode estimular o peito a produzir ainda mais leite, piorando a situação;
  • Após a amamentação ou extração, aplique água fria através do duche ou gelo protegido, podendo ainda recorrer ao uso de discos de hidrogel nos mamilos para aliviar o desconforto.

Related Posts