Sinais e sintomas de alarme no pós-parto

Como tal, é importante que a mulher esteja atenta aos seguintes sinais de alarme e recorra ao serviço de urgências no caso destes surgirem:
– febre > 38ºC; – hemorragia vaginal abundante (superior ao fluxo menstrual); – agravamento da dor no períneo (zona da episiotomia); – odor fétido dos lóquios (corrimento uterino sanguíneo que se produz durante 10-20 dias após o parto); – mamas com zonas vermelhas, quentes e dolorosas; – queixas urinárias como ardor ou vontade permanente de urinar; – náuseas e vómitos; – dor, edema e empastamento nas pernas (pernas duras); – dor no peito e tosse.
Embora possam ser sinal de complicações simples, naturais no pós-parto, devem sempre ser vigiadas para evitar a sua evolução para situações de maior gravidade. Caso desenvolva algum destes sinais ou sintomas, consulte o seu médico. Saiba mais em : Cuidados da mãe no pós parto